Page images
PDF
EPUB

DA

ILHA TERCEIRA

POR

FRANCISCO FERREIRA DRUMMOND,

NATURAL DA MESMA ILHA.

PUBLICADOS PELA CAMARA MUNICIPAL D'ANGRA DO HEROISMO.

[subsumed][merged small][ocr errors][subsumed][merged small][merged small]
[ocr errors]
[graphic]

ANGRA DO HEROISMO.

TYP. DE M. J. P. LEAL.

1859.

[merged small][merged small][merged small][ocr errors]

ADVERTENCIA.

A inesperada e sentida morte do Auctor destes Annaes, um dos mais prestaveis cidadãos deste Municipio, não permittio que a impressão e publicação deste volume fossem feitas debaixo das suas vistas. Por esta causa o publico de certo desculpará qualquer falta que possa evitar-se, que com quanto seja de pouca monta, comtudo não appareceria, se a obra fosse revista pelo seu proprio redactor.

[ocr errors]

DAS MATERIAS CONTIDAS NO TOMO 3.o

Capitulo 1.o e unico. Serie dos acontecimentos que tiveram logar nesta Ilha Terceira desde o anno de 1766 até o de 1820.

PAG. LINHAS.

19

13

22 20

28 21

43

14

46 31

78

6

87

8

146

9

182 30

233 6

276

14

>>>

24

285

7

293 12

306

19

323 2

[blocks in formation]

ANNAES DA ILHA TERCEIRA.

SEXTA EPOCA.

CAPITULO I.

Serie dos acontecimentos que tiveram lugar nesta ilha Terceira, desde o anno de 1766, até o de 1820.

Continuava no cargo de corregedor da comarca o dr. Antonio de Mesquita e Moura, que assistio na camara da villa da Praia á abertura do pellouro dos vereadores e officiaes, que haviam de servir no mesmo anno de 1766..

É esta uma das épocas mais notaveis que se encontram nestes Annaes, pela alteração substancial que padeceu esta ilha na forma de seu governo, com a creação dos capitães, generaes. Foi sem duvida aos conflictos de jurisdicção e ao ciume e rivalidade de tantos governantes, por defeito das antigas instituições, e em paiz tão limitado, que se devem as comoções, e violentas crizes por que muitas vezes ella passou; mas nunca por insubordinação de scus habi-tantes, que sempre se fizeram gloria de sua fidelidade para com os soberanos; e se o contagio da ignorancia os tinha ́infeccionado, e levado á maior decadencia, a que podiam che-· gar, (1) é porque os seus governantes só cuidavam de nu

(1) Eis-aqui a idea que o general tinha destes povos, e dos outros das mais ilhas.

Tom. III.

[ocr errors]
« PreviousContinue »